Surrealismo

3 histórias: Cravan, Rigaut, Vaché

Artur Cravan e Jacques Vaché são dois modelos do niilismo Dadá autenticamente vivido. Grandes testemunhadores do mal de viver, o primeiro internou-se no mar numa noite de tempestade no Golfo do México, o outro, que escrevia da frente «chatear-me-ia morrer tão joveeeeem», mata-se em Nantes logo a seguir ao fim da guerra. Mais tarde será a vez de Jacques Rigaut. Nos interseccionismos destas três vidas-suicidas, pode-se constatar que a volúpia de destruir é simultaneamente uma volúpia criadora. Tudo o que escreveram está contido nesta obra, cujo título, 3 Histórias 3, foi decidido pela Antígona.

Fonte: Antígona

Ler Mais
  • Local Biblioteca da Fundação Cupertino de Miranda

Notas

 

Informação do Catálogo:

 

Cravan, Arthur, 1887-1918

3 histórias: Cravan, Rigaut, Vaché / Arthur Cravan, Jacques Rigaut, Jacques Vaché; trad. Abel Prazer, Silva de Viseu. - Lisboa: Antígona, 1980. - 153, [1] p.; 22 cm. – ISBN 972-608-000-2.

Dadaísmo / Surrealismo -- Séc. XX / Literatura francesa / Biografia -- História
Rigaut, Jacques, 1898-1929 / Vaché, Jacques, 1895-1919 / Prazer, Abel / Viseu, Silva de

2-P-55