Eventos

Autor da Semana - Maria velho da Costa

Autor da Semana


Maria Velho da Costa


A Autora desta semana é Maria Velho da Costa.
Aproveite os 10% de desconto em todos os artigos e descubra a obra de uma das autoras mais representativas das mulheres e da literatura no feminino, entre os dias 5 e 11 de março.

Maria de Fátima de Bivar Velho da Costa nasceu a 26 de junho de 1938, em Lisboa.
Licenciou-se em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e frequentou o Curso de Grupanálise da Sociedade Portuguesa de Neurologia e Psiquiatria.
Foi docente no Departamento de Estudos Portugueses e Brasileiros do King's College London.
Em 1972 foi uma das coautoras, juntamente com Maria Teresa Horta e Mara Isabel Barreno, da obra “Novas Cartas Portuguesas”, que denunciou a repressão e a censura do regime do Estado Novo e que enalteceu a condição feminina e a liberdade de valores para as mulheres.
Entre 1973 e 1978, foi membro da Direção e Presidente da Associação Portuguesa de Escritores (APE).
A partir de 1975, colaborou regularmente em argumentos e diálogos para cinema, trabalhando com nomes como João César Monteiro, Margarida Gil e Alberto Seixas Santos.
Desempenhou várias funções oficiais na área cultural, tendo sido em 1979 Adjunta do Secretário de Estado da Cultura de Portugal e Adida Cultural em Cabo Verde, entre 1988 e 1990. Pertenceu ainda à Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses.
O seu romance “LúciaLima” recebeu, em 1983, o prémio literário D. Dinis instituído pela Fundação Casa de Mateus. Em 1997, foi-lhe atribuído o Prémio Vergílio Ferreira pela Universidade de Évora, relativo ao conjunto da sua obra literária. Foram-lhe atribuídos outros prémios, nomeadamente pela Associação Portuguesa de Escritores (APE): o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco, o Grande Prémio de Teatro e o Grande Prémio de Romance e Novela.
O último romance que publicou em 2008, “Myra”, valeu-lhe o Prémio PEN Clube Português de Narrativa (ou Novelística) no mesmo ano, o Prémio Máxima de Literatura de 2009 e, em 2010, o Prémio Literário Correntes d’Escritas e o Grande Prémio de Literatura dst.
Em 2002 foi distinguida com o Prémio Camões, no ano seguinte foi condecorada com o grau de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique e, em 2011, o grau de Grande-Oficial da Ordem da Liberdade.
Maria Velho da Costa faleceu no dia 23 de maio de 2020 em Lisboa, aos 81 anos.

Ler Mais
  • Data 05 a 11 de março de 2021

Notas


Aproveite os descontos em publicações do autor
* Promoção não acumulável com outros descontos em vigor.
Autor da semana