Permanentes

Espaço Fernando Lemos

Nascido em 1926, em Lisboa, Fernando Lemos interessa-se pela atividade surrealista, mais especificamente pela fotografia. A sua atividade fotográfica deixa uma marca na história do Surrealismo, e da fotografia em particular, merecedora de destaque, em 2001, do Prémio Nacional de Fotografia.    
A Fundação Cupertino de Miranda dedica-lhe assim um espaço permanente com 8 fotografias e uma pintura a óleo, trazendo à memória as captações de uma objetiva que faz recuar mais de 50 anos e que transporta o espetador para o imaginário estético da fotografia surrealista.

Ler Mais
  • Local Fundação Cupertino de Miranda