Oradores Carmina 2018

Fernando Aguiar

Nasceu em Lisboa, em 1956. Publicou 24 livros de poesia, contos, infantis e 6 antologias de poesia experimental portuguesa e internacional em Portugal, Alemanha, Brasil, Itália, Espanha, Canadá, Irlanda, U.S.A. e em Inglaterra. Foi incluído em 90 antologias poéticas e livros coletivos em 17 países.
Realizou 48 exposições individuais em Portugal, Hungria, México, Itália, Espanha, Emiratos Árabes Unidos, Cuba e no Brasil, e participou em inúmeras exposições coletivas.
Desde 1983 apresentou mais de 230 intervenções e performances poéticas em 120 Festivais Internacionais, em Museus e Galerias de 25 países, nomeadamente no Centre Georges Pompidou (Paris), Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, Casa de Serralves , Tokyo Metropolitan Art Space, Mexic-Arte Museum (Austin, Texas), Musée D’Art Contemporain (Marselha), Museo Vostell Malpartida (Malpartida de Cáceres), Círculo de Bellas Artes (Madrid), IVAM – Institut Valencià d’Art Modern (Valencia), Beijing Tokyo Art Projects (Pequim), Hong Kong Arts Centre, Reykjavík Art Museum, Centre Culturel Calouste Gulbenkian (Paris), National Gallery (Praga), Matadero Madrid e também na secção “Extra 50” da 50ª Bienal de Veneza e na 8ª Bienal de Havana.
Organizou diversas exposições e Festivais de performance e de poesia visual internacional em Portugal, Itália, França e no Brasil.
É autor do “Soneto Ecológico”, uma obra de land-poetry constituída por 70 árvores plantadas em 14 filas de 5 árvores (4+4+3+3), numa área aproximada de 110x36 metros, em Matosinhos, 2005.

 

Ler Mais