Oradores Carmina 2018

Eduardo Pitta

EDUARDO PITTA nasceu em 1949. É poeta, escritor, ensaísta e crítico. Poemas seus encontram-se traduzidos em inglês, francês, espanhol, italiano e hebraico. Tem poemas, contos e ensaios publicados em revistas de Portugal, Brasil, Espanha, França, Itália, Colômbia, Inglaterra e Estados Unidos. A partir de 1974 publicou dez livros de poesia, uma trilogia de contos, um romance, cinco volumes de ensaio e crítica, uma colectânea de crónicas, dois diários de viagem e um volume de memórias. Em 2003, com Fractura. A condição homossexual na literatura portuguesa contemporânea, introduziu o debate gay & queer no nosso país. Os títulos mais recentes são Desobediência (2011), Cadernos Italianos (2013), Um Rapaz a Arder (2013) e Pompas Fúnebres (2014). Organizou a poesia de António Botto. Em 2008 adaptou para crianças O Crime do Padre Amaro, de Eça de Queiroz. Participou em congressos, seminários e festivais de poesia em Portugal, Espanha, França, Itália, Grécia e Colômbia. É crítico literário das revistas Colóquio-Letras e Sábado.

Ler Mais